Educação

O que é a linguagem de programação Java

Java é uma linguagem de programação altamente utilizada nos dias de hoje. Mas afinal, o que é a linguagem?

Foi desenvolvida na década de 1990 por uma equipe de programadores chefiada por James Gosling, na da empresa Sun Microsystems.

Variadamente das linguagens convencionais,que são compiladas para código procedente, a linguagem Java é compilada para um “bytecode” que é executado por uma máquina intermediária que interpreta o “bytecode”, chamada popularmente como Máquina Virtual.

Para conhecer mais sobre linguagens de programação, sugerimos o site curso PHP do Zero ao Profissional.

História da linguagem Java

Na Sun Microsystems, nasceu do GreenProject precisamente em 1991, foi literalmente o berço do Java, uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) mais popular do período. Sem dúvida, a linguagem causou uma grande revolução em todo o mercado.

Os mentores do projeto eram Patrick Naughton,Mike Sheridan, e James Gosling.

O propósito do projeto não era a obra de uma nova linguagem, porém precipitar e idealizar uma revolução dentro das linguagens, e de fato, sua proposta alcançou seu objetivo.

Eles acreditavam que, em um tempo, haveria uma convergência dos computadores com os equipamentos e eletrodomésticos comumente usados pelas indivíduos no seu dia-a-dia.

Para comprovar a possibilidade desta ideia, 13 indivíduos trabalharam arduamente ao longo 18 meses.

No verão de 1992, eles emergiram de um sala de Sand Hill Roadno Menlo Park com uma evidência ligado da idéia principiante.

O próximo passo era obter um mercado.

A equipe achava que uma ótima ideia seria controlar televisões e vídeo por pleito com o equipamento.

Em maio de 1995, a plataforma Java foi adotada mais depressa que qualquer outra linguagem na história do desenvolvimento.

Em 2003 Java atingiu a marca de 4 milhões de desenvolvedores ao redor do mundo.

Java continuou crescendo e hoje é uma referência no mercado de progresso de aplicativo.

Java tornou-se popular pelo seu utilização na Internet e hoje tem seu local de execução presente em navegadores, mainframes, sistemas operacionais, smartphones, televisões, entre outros.

Padronização

Em 1997 a Sun Microsystems tentou reduzir-se a linguagem a padronização pelos orgãos ISO/IEC e ECMA, porém acabou desistindo.

Java também é um standard de fato,que é controlada por meio da JCP Java Community Process.

Em 13 de Novembro de 2006, a Sun lançou a maior parte do Java como Aplicativo Desocupado sob os termos da GNU Chefe Public License(GPL). Em 8 de Maio de 2007 a Sun finalizou o processamento, tornando praticamente todo o código Java como aplicativo de código-aberto, pouco uma jovem quantidade que a Sun não possui copyright.

A máquina Virtual do Java e seus benefícios

Programas Java não são traduzidos para linguagem de máquina, ao contrário da maioria das linguagens da época. Elas são utilizadas dentro de uma uma linguagem intermediária, chamada de bytecodes, como falamos anteriormente.

Os bytecodes são interpretados pela máquina virtual Java (JVM – Java Virtual Machine).

Várias indivíduos acreditam que por pleito desse processamento, o código interpretado Java tem baixo performance.

Ao longo bastante tempo esta foi uma afirmação verdadeira. No entanto novos avanços evidencia tornado-o compilador dinâmico (a JVM), em vários casos, mais eficiente que o compilador paralisado.

Java hoje já tem um performance próximo do C++. Ou seja possível graças a otimizações como a compilação especulativa, que usufrui o tempo desnecessário do processador para pré-compilar bytecode para código seguinte.

O Java também tem uma outra dano considerável em programas que fazem o uso de muito processamento numérico.

O padrão Java possui uma enumeração rígida de como precisam ter êxito os tipos numéricos. Essa especificação não condiz com a elaboração de pontos flutuantes na maior parte dos processadores o que faz com que o Java seja incrivelmente mais frouxo para estas aplicações quando comparado a outras linguagens.

Os bytecodes fabricados pelos compiladores Java podem ser usados num processamento de engenharia reversa para a recuperação do programa-fonte sui generis.

Esta é uma característica que atinge em menor nível todas as linguagens compiladas. No entanto, já há hoje tecnologias que “embaralham” e até mesmo criptografam os bytecodes quase impedindo-a engenharia reversa.

Como fazer uma empresa prosperar

Estar a frente de um negócio digital requer a superação de um empreendedor à uma série de desafios.

À medida que um negócio cresce, diferentes problemas de inúmeros graus de complexidade e oportunidades exigem diferentes soluções. O que funcionou há um ano pode agora não ser a melhor abordagem de agora.

Com demasiada frequência de mudanças no mercado, erros transformam aquilo que poderia ter sido um grande negócio num negócio falido a curto prazo.

Reconhecer e ter capacidade de superação é um enorme fator de crescimento. É essencial para que o seu negócio continue a crescer e prosperar.

Neste artigo, vamos destacar os riscos e erros mais frequentes que afetam as empresas em crescimento e também te dará uma luz sobre o que pode ser feito.

Observe as mudanças do mercado

A pesquisa de mercado não é algo que se faça como um caso isolado quando se inicia o negócio.

As condições de negócio mudam com frequência, então sua pesquisa de mercado deve ser contínua também.

Caso contrário, corre-se o risco de tomar decisões com base em informações sem relevância para o momento, o que pode conduzir a uma falência da empresa.

Quanto mais tiver sucesso, mais concorrentes irão te notar, e irão também reagir com o que você está fazendo.

E clientes leais à sua marca podem ser rápidos a encontrar fornecedores alternativos que fornecem um negócio melhor.

À medida que os produtos (e serviços) envelhecem, o crescimento das vendas e as margens de lucro são espremidas.

Entender onde seus produtos estão em seus ciclos de vida pode ajudá-lo a descobrir como maximizar a rentabilidade global. Ao mesmo tempo, você precisa investir em inovação para construir um fluxo de produtos novos e rentáveis para o mercado.

Antecipe seu planejamento

O plano que fez sentido há um ano não é necessariamente o melhor para seu negócio agora. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de negócios pela Internet.

Como dito acima, as condições do mercado mudam continuamente, então você precisa verificar e atualizar seu plano de negócios com alguma frequência. Há especialistas que indicam atualizar pelo menos a cada ano.

À medida que o seu negócio cresce, a sua estratégia tem de evoluir de acordo com as suas novas circunstâncias.

Por exemplo, é provável que o seu foco mude de ganhar novos clientes para construir relações rentáveis e maximizar o crescimento com os clientes existentes.

As relações comerciais existentes muitas vezes tem um maior potencial de lucro e também podem proporcionar um fluxo de caixa viável.

Ao mesmo tempo, todos os negócios precisam estar atentos a novas oportunidades. Há riscos óbvios de depender apenas dos clientes existentes. Diversificar a sua base de clientes espalha esses riscos.

Resolução de conflitos e outros problemas

As novas empresas muitas vezes, parecem funcionar como se estivessem sempre a um passo de falir.

Todos os dias traz novos desafios que precisam urgentemente de resolução e gestão passa a maior parte do seu tempo resolução de problemas.

À medida que o seu negócio cresce, esta abordagem simplesmente não funciona. Embora uma crise de curto prazo seja sempre urgente, pode não importar tanto quanto outras coisas que você poderia estar fazendo.

Passar o seu tempo a acalmar um cliente irritado pode ajudar a proteger essa relação.

.À medida que o seu negócio cresce, você também precisa estar atento a novos problemas e prioridades.

Invista em ferramentas certas

Todas as empresas produzem e confiam em grandes volumes de informação, registos financeiros, interações com clientes e outros contatos comerciais, detalhes dos empregados, requisitos regulamentares, etc.

Responsabilidades e tarefas podem ser delegadas à medida que o seu negócio cresce, mas sem sistemas sólidos de informação de gestão, você não pode gerenciar de forma eficaz.

Quanto maior for o crescimento da sua empresa, mais difícil será garantir que a informação seja partilhada e que as diferentes funções funcionem em conjunto de forma eficaz.

Colocar a infraestrutura certa no lugar é uma parte essencial para ajudar o seu negócio a crescer.

 

Conheça 5 profissões que não lidam com pessoas o tempo todo

Decidir uma profissão deixou de ser uma necessidade e se tornou praticamente uma missão. Muitos criticam tamanha responsabilidade que às vezes é dada a um estudante que acabou de sair do ensino médio, mas faz parte da vida.

O médico psiquiatra Carl Gustav Jung dividiu as personalidades das pessoas em algumas variáveis. Ele estudou as quatro principais funções psicológicas dos humanos e verificou que em algumas pessoas determinadas funções são mais fortes. A partir desse estudo, ele declara que há dois tipos de caráter na sociedade: o introvertido e o extrovertido.

Pondo isso em análise, pode-se pensar em uma clara divisão das profissões para esses perfis de pessoas. Mas hoje vamos conhecer algumas profissões que podem ser a solução para quem não quer lidar com pessoas o tempo todo.

1 – Biomédico

Esse profissional é o mais conhecido no ramo das análises clínicas de animais e plantas. Basicamente esse profissional faz análises hematológicas e interpreta-as, faz análises moleculares, produção de bioderivados e tem forte ligação com a biotecnologia.

A rotina do biomédico é passar horas e horas em um laboratório de altíssimo controle devido ao enorme risco biológico, além de outros riscos. O profissional pode lidar com amostras de diversas patologias e com microrganismos multi e pan resistentes; mas com a toda a proteção devida.

2 – Arquiteto

A arquitetura é uma ciência muito antiga e que une as artes com as ciências exatas. Uma vez que a principal ação necessária desse profissional é o planejamento, ele ocupa suas horas de trabalho idealizando, projetando e desenhando espaços que possam melhorar a qualidade de vida de todos.

Ainda como estudante é possível estagiar em empresas e escritórios em que basicamente o discente passa horas sentado ao computador utilizando softwares nas plantas e projeções. Esporadicamente, dependendo de suas atribuições, poderá sair para ver e colher dados em campo, nas construções ao ar livre.

3 – Engenheiro de Software

O profissional mais específico da área da computação; o que programa sites, aplicativos e programas.

A criação de jogos, plataformas digitais e sistemas envolve horas de desenvolvimento e quando finalmente a ferramenta fica pronta, o profissional tem a responsabilidade de revisá-la e aplicar atualizações o tempo todo à medida que vão surgindo melhorias.

 

4 – Piloto de avião/Aviador

É o profissional que dirige e coordena aviões. Diferente do Engenheiro Aeronáutico, que cria meios para a automação da aeronave, esse profissional utiliza essa tecnologia para facilitar seu trabalho.

A falta de rotina é um dos fatores atrativos dessa profissão, além do próprio status. As profissões que citamos são mais relacionadas a universidades, mas para essa profissão, no geral, os aeroclubes ou escolas de pilotagem são as instituições necessárias.

5 – Cozinheiro

É o responsável pelo preparo dos alimentos em restaurantes, hotéis, indústrias, hospitais… Recentemente essa profissão tem sido muito valorizada.

Nos cruzeiros, por exemplo, os trabalhos de curta duração limitam mais ainda essa questão de muito contato com as pessoas.

E então, qual profissão que não lida com pessoas pareceu mais atraente para você?