Blogging

Ultragaz, maior distribuidora de GLP no Brasil

Ultragaz é uma empresa do mercado brasileiro de distribuição de gás domiciliar, que é aquele, geralmente, comercializado em botijões de diferentes tamanhos, sendo o mais comum o de 13kg.

Para quem não sabe, o gás GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), pode ser obtido de duas formas, com o refino do petróleo, que é a mais comum, e a partir do processamento do gás natural.

No refino de petróleo, o GLP é obtido na parte alta da torre de destilação, após a retirada dos óleos combustíveis, a gasolina, o querosene, o diesel e a nafta.

E a Ultragaz é a maior distribuidora de GLP no Brasil, com 23% de participação de mercado, fornecendo gás a aproximadamente 10,5 milhões de domicílios.

A Ultragaz atua nacionalmente, por meio de revendas próprias, terceirizadas e através de sua frota de caminhões. Sua presença mais forte da Ultragaz em São Paulo. Sendo que na Bahia, a empresa atua como Brasilgás.

A história do Ultragaz vem sendo marcada pelo pioneirismo, e inovação, aplicados de maneira contínua no desenvolvimento de novos produtos, na adoção de novos procedimentos e tecnologias operacionais e, principalmente, no desenvolvimento de novos nichos de mercado.

Ultragaz  e sua história

Dá para imaginar que até meados da década de 1930, tanto botijões de gás domiciliar, muito menos, a entrega deles na casa do consumidor ainda não existiam por aqui?

Pois é, hoje isso é tão comum que nem dá para imaginar a vida sem essa facilidade, não é mesmo?

Na verdade, o pioneirismo nisso coube a Ernesto Igel, um austríaco que veio para o Brasil em 1920 e, em 1937, fundou a Empresa Brasileira de Gás a Domicílio, que posteriormente passou a se chamar Ultragaz.

Mas a introdução do GLP no país, através da Ultragaz, além de ajudar na modernização da indústria e do comércio, também ajudou a população, solucionando o problema da fumaça e fuligem geradas pelos fogões a lenha.

E mais, a novidade ajudava a evitar a destruição de matas para a extração de madeira, demonstrando, também, o pioneirismo ao se preocupar com a sustentabilidade e o meio ambiente.

Mas, certamente, naquela época, a ainda denominada Empresa Brasileira de Gás a Domicílio era bem pequena, com apenas três caminhões de entrega e menos de 200 clientes. Porém, como é possível imaginar, a ideia foi um sucesso e, assim, já no início da década de 1960, já com o nome Ultragaz, o pequeno negócio criado por Ernesto Igel já tinha 1 milhão de consumidores em sua carteira de clientes.

Com toda a esperada expansão, a Ultragaz adquiriu em 2003 a operação de distribuição de GLP da Shell no Brasil, Shell Gás, permitindo que a empresa alcançasse a liderança no mercado de GLP.

E o pioneirismo da Ultragaz  não se resume ao sistema de entrega de botijão à domicílio e à preocupação com o meio ambiente, já que a Ultragaz, também, introduziu sistemas de encomendas pela internet e por SMS, além de facilitar que o consumidor pudesse pagar o gás com cartões de crédito e débito, além de fazer recarga de celulares.

Vantagens de usar o GLP da Ultragaz

Mas porque, afinal, optar pelo GLP da Ultragaz? Na verdade, muitas são as vantagens do gás GLP, seguem abaixo apenas algumas:

Não requer obras

O Gás GLP pode chegar até às regiões mais remotas do país, rurais ou urbanas, onde nenhum outro tipo de gás é capaz, e isso por não necessitar investir em obras, como construção de gasodutos ou redes de distribuição. Ou seja, por estar em recipientes, vasilhames, cilindros e botijões específicos, não é necessário realizar obras para instalação e utilização.

 

  • Mais econômico

 

Pelo seu alto poder calorífico, o GLP é mais econômico, bastando bem menos tempo para uma perfeita cocção.

 

  • Não exige taxa

 

Para instalar ou utilizar o GLP, não é preciso pagar taxas mensais ou mesmo anuais. A comercialização em botijões garante total liberdade de escolha de compra no que diz respeito à volume, quantidade e periodicidade de consumo. Não exige assinatura nem burocracia de nenhum tipo.

 

  • Liberdade de escolha

 

Sem dúvida, optando pelo GLP, você está escolhendo um sistema que não agride o meio ambiente, além de dispor de várias distribuidoras de gás, ou seja, você decide qual quer trabalhar sem nenhuma obrigatoriedade com uma ou outra marca.

 

  • Energia limpa

 

O GLP não prejudica o meio ambiente, é portanto, uma opção mais sustentável, sem falar que não contamina os mananciais de água nem o solo, e seu consumo evita a queima de milhões de árvores no Brasil e no mundo.

 

  • Versatilidade

 

Sem dúvida, a versatilidade é uma das vantagens do GLP, que pode ser usado em residências, no comércio, indústrias, no preparo de alimentos, aquecimento de ambientes (calefação), chuveiros (aquecedor a gás) e etc.

Ultragaz e a Sustentabilidade

O compromisso da Ultragaz com a sustentabilidade é bem conhecido, respeitando o meio ambiente e comunidades.

“Contribuir com o desenvolvimento socioeconômico das comunidades, investindo em projetos educativos, culturais e de preservação ambiental, com foco na sustentabilidade do negócio” é a missão de sustentabilidade da Ultragaz.

As melhores cervejas artesanais

Embora haja algum debate sobre a definição exata de “cerveja artesanal”, a descrição mais simples é a cerveja que não é fabricada por uma das maiores empresas de “mega cervejaria”. Mas ao contrário, é a cerveja que vem de cervejeiros pequenos, são eles independentes e tradicionais.

 

O ressurgimento da cerveja artesanal americana de hoje significa mais oportunidades do que nunca para desfrutar de cervejas artesanais e cervejas de algumas das melhores microcervejarias do país. Em janeiro de 2017, o número total de cervejarias artesanais nos

 

Estados Unidos chegou a mais de 5.301 – muito longe das 298 cervejarias de 1990. A tendência está em alta também, com milhares de novas cervejarias oferecendo sua própria visão estilos clássicos de cerveja.

 

Confira essa lista de restaurantes para encontrar cervejas de primeira linha que dão um toque especial.

As melhores artesanais para beber

Embora seja assustador restringir qualquer lista de grandes cervejas artesanais

1. Andechser Doppelbock Dunkel

 

A cervejaria segue Reinheitsgebot (lei alemã da pureza da cerveja), usando apenas cevada, água, lúpulo e fermento. Derrama uma cor castanha escura com uma tonalidade avermelhada e uma cabeça de cobre cremosa de longa duração, e produz aromas de caramelo e malte. Um sabor robusto e encorpado é destacado pela doçura maltada e cacau, com datas e figos no fundo. Depois de beber, um final de chocolate permanece por alguns segundos. Esta cerveja finamente trabalhada é um excelente exemplo da tradição cervejeira beneditina que perdura na Klosterbrauerei Andechs desde 1455.

2. Brasserie Saint James Red Headed Stranger

 

A cervejaria apresenta uma inclinação para cervejas de estilo belga, e suas criações de fazenda-frente comparam favoravelmente com suas contrapartes do outro lado do Atlântico. Esta estação vermelha é fabricada com a linhagem de levedura belga assinatura da Brasserie Saint James e possui adições de coentro, casca de laranja, grãos do paraíso, uma mistura de pimenta verde e preta e água de um poço artesiano localizado a 285 pés abaixo da cervejaria. A mistura de ingredientes resulta em uma cerveja que é um cruzamento entre uma cerveja vermelha e uma saisona, com uma aparência rubi escura, aromas de especiarias, malte perceptível e um final seco e apimentado que é refrescante e complexo. O Red Headed Stranger ganhou uma medalha de ouro no Campeonato de Cerveja dos EUA de 2013 e levou para casa a prata no prêmio de Melhor Cerveja Artesanal de 2015.

3. Hangar 24 Essence

 

No caso desta IPA da Costa Oeste em cobre, a receita inclui laranjas de umbigo, laranjas e grapefruit, todas cultivadas na cidade natal de Hangar 24, Redlands, Califórnia. Toranja é mais prevalente no aroma e citrinos ocupa o centro do sabor, que é reforçada pelos lúpulos Cascade e Zythos. Enquanto a explosão laranja é intensa, também é bastante refrescante em um dia quente de verão. Esta cerveja estreou em junho de 2015 e foi o terceiro lançamento da cervejaria em sua Série de Campos Locais. Outras cervejarias do Hangar 24 destacando frutas cultivadas na Califórnia incluem seu recém-lançado Polycot, uma cerveja de trigo feita com damascos frescos; e seu carro-chefe Orange Wheat, feito com laranjas cultivadas localmente.

4. Maui Brewing Company Pineapple Mana

 

É apropriado que a Maui Brewing Company tenha escolhido infundir a agricultura das ilhas em suas cervejas. Neste caso, isso significa abacaxi da Maui Gold Pineapple Company, que é cultivada nas encostas de Haleakala. Esta cerveja de trigo derrama uma tonalidade dourada clara e uma cabeça branca sólida unida por um aroma notável da fruta tropical de mesmo nome. O sabor espelha o aroma e, embora ligeiramente doce, não é exagerado, com o sabor da fruta mais predominante após a ingestão. Além das notas de abacaxi, espere uma pechincha graças ao trigo na conta de malte.

5. Mother Earth Cali Creamin’

 

A Mother Earth Cali Creamin’ ‘é a principal cerveja da marca, que oferece grande satisfação à nostalgia. Uma mistura de milho em flocos, cevada clara de duas linhas, malte mel, aveia em flocos e baunilha de Madagáscar, os ingredientes trabalham juntos para uma espinha dorsal maltada e uma cremosidade suave que vai te lembrar um refrigerante que você pode ter tomado a uns anos mais jovens. Levemente pulado e registrando em apenas 20 IBUs, a amargura sutil é apenas o suficiente para equilibrar a doçura. Termina com um final de boca limpo e seco que vai fazer você querer mais. Considere isso como um único copo adulto de infância.

6. Ninkasi Dawn of the Red

 

Originalmente lançado como parte da série de pequenos lotes experimentais Rare & Delicious de Ninkasi, este India Red Ale foi adicionado ao estábulo da cervejaria de cervejas durante todo o ano depois de provar ser muito popular. O nome e a gravadora é uma peça do clássico filme de zumbis cult, “Dawn of the Dead”, um filme favorito do diretor de arte de Ninkasi, Tony Figoli. O estilo India Red Ale é semelhante ao IPA, mas é ligeiramente mais escuro e apresenta um toque de malte de caramelo. O lúpulo contribui com aromas de manga e abacaxi, juntamente com sabores de mamão. A espinha dorsal tostada apela para aqueles que gostam de uma bebida lupulada mais equilibrada.

7. Squatters Outer Darkness

 

Esta cerveja preta é bem nomeada, pois derrama uma tonalidade preta escura com uma cabeça castanha escura que não permite a passagem de luz. O mosto é fervido por 3,5 horas para obter uma rica caramelização que lhe dá uma explosão de chocolate maltado e notas doces de figo. As peças finais do quebra-cabeça do sabor são o melaço e a raiz de alcaçuz, que são adicionados no final da fervura. Seu prazer não acaba depois de beber, para um sabor amargo e levemente amargo com dicas de alcaçuz e café perdura. Qualquer um que ainda acredite que as cervejas fabricadas em Utah precisam de apenas um gole dessa cerveja imperial para descobrir a verdade.

8. Utah Sage Saison

 

Os ingredientes principais desta casa de fazenda de estilo belga ale permanecem os mesmos, mas o ABV e o lúpulo variam ligeiramente de lote para lote. O que não muda é a conta de malte de Pilsner, Maris Otter, cevada de duas fileiras, centeio, trigo, flocos de cevada, sálvia, alecrim e tomilho. As especiarias – adicionadas nos minutos finais da fervura – trazem uma poderosa picada de ervas, enquanto a levedura de saison belga contribui para um sabor picante e sutilmente azedo. Um sabor persistente de sálvia e alecrim permite-lhe desfrutar desta bebida muito depois de ter bebido.

Nota: Embora hoje sálvia não seja comumente usada como ingrediente na cerveja, há centenas de anos seu uso era a norma.

9. Vicaris Tripel-Gueuze

 

Depois de ganhar uma competição local de homebrew, fundador Vincent Dilewyns e suas filhas, Anne-Cathérine e Claire Dilewyns, abriu sua cervejaria homônimo em 2011. Esta cerveja é uma mistura de dois estilos únicos: um tripel rico, doce e um gueuze extremamente azedo. A mistura resultante é o melhor dos dois estilos, com aroma a limão e cordeiro, sabores de acidez ácida temperados por doçura frutada e um final extremamente seco típico de um gueuze. Esta fermentação complexa irá satisfazer aqueles que apreciam cervejas agridoces que são contidas e equilibradas.

 

6 maneiras de celebrar a Páscoa com a família

A Páscoa é um dos momentos mais encantadores do ano e uma excelente oportunidade para reunir e celebrar com a família especialmente, devido aos seus significados. Hoje você vai conhecer 6 maneiras de celebrar a Páscoa com a família.

Esse será um artigo de grande ajuda especialmente para aquelas pessoas que adoram celebrar junto com pessoas queridas e que tem o desejo de trazer algo inovador para a celebração deste ano.

Confira aqui algumas excelentes ideias e comece já a preparar a reunião de família.

Celebre a Páscoa com a sua família

A Páscoa é um grande evento com todos os seus símbolos e significados trazem para nós a sensação de vida renovada e um desejo de vida nova e por isso, é tão importante celebrar esse momento com a família.

Vamos agora apresentar 6 maneiras de celebrar a Páscoa em família, para que essa seja uma data marcante para todos os envolvidos.

  • Participe da igreja

Especialmente para as pessoas religiosas é bem provável que já saibam dessa maneira de celebrar a Páscoa em família.

Saiba que o primeiro significado da celebração da Páscoa possui um fundamento totalmente religioso, de forma que não é apenas celebrar a chegada do coelho da Páscoa.

Portanto, se você quer celebrar com a família e de uma forma diferente, pode participar do culto ou missa em sua paróquia e convidar a família para ir junto.

 

  • Buffet a domicílio

 

Independentemente de qual seja o motivo para reunir a família e principalmente, quando essa reunião acontece em casa é muito comum que o anfitrião fique responsável por toda a organização.

Desde a decoração, comidas, bebidas e sobremesa é bem provável que os donos da casa serão os responsáveis.

Por mais que os convidados se dividam nos afazeres, sempre terá aquele que será o mais atarefado.

Se nesse ano você deseja que seja diferente, é possível contratar um buffet a domicílio. Dessa forma, você garante um excelente e delicioso cardápio para todos os convidados e terá que se preocupar apenas em aproveitar esse momento ao lado das pessoas que você ama.

mesa pronta para almoço

 

  • Caça aos ovos com as crianças

 

A caça aos ovos é uma tradição muito comum principalmente nos Estados Unidos, como muitas vezes vemos nos filmes.

Geralmente os ovos não são de chocolate durante a brincadeira e apenas ao final dela, é que as crianças recebem os doces.

Em sua casa você pode fazer de duas maneiras para as crianças decorarem e procurarem ovos comuns ou ainda, realizar uma verdadeira caça aos ovos de chocolate.

Pode ter certeza de que será uma diversão sem fim e ainda, que as crianças e também os adultos vão aproveitar muito, principalmente os doces ao final da brincadeira.

 

  • Será que o coelho passou por aqui?

 

Para ajudar na brincadeira e também, na decoração do ambiente, uma excelente dica é utilizar de alguns truques para fingir que o coelhinho da Páscoa andou passeando pela sua casa.

Com a sua imaginação, água e um pouco de trigo você pode imitar as pegadas de um coelho. As crianças vão acreditar que o coelhinho passou por ali e vão ficar doidos para irem procurar os ovos.

 

  • Convide também os amigos da família

 

É muito comum que a Páscoa seja celebrada em família e isso já acontece há várias gerações. Mas nada impede de chamar os bons amigos para que se juntem à mesa e também possam celebrar, não é mesmo?

Dessa forma a festa pode ficar ainda mais animada e render boas lembranças para todos. Portanto, procure estender o convite para outras pessoas.

 

  • Aposte na decoração

 

Não importa aonde será o almoço ou jantar de Páscoa para a sua família, a decoração faz toda a diferença em cada ambiente e pode ter certeza de que esse é um excelente momento para celebrar a Páscoa em família.

Além do almoço, os preparativos que antecedem essa celebração, também podem ser ótimas maneiras de celebrar e, portanto, invista na decoração do local e chame os seus familiares mais próximos para te ajudar nessa atividade.

Ferramentas para produção de conteúdo para sites

Apenas publicar conteúdo para preencher a página não traz resultados positivos para um negócio na internet. É preciso que ele tenha qualidade e seja relevante para o público-alvo.

Como você sabe, após o processo de criação de sites é imprescindível que você planeje corretamente seu conteúdo.

No entanto, para algumas pessoas escrever textos é um grande problema porque não possuem habilidades ou ideias sobre o que produzir para o seu público. Felizmente existem algumas ferramentas para produção de conteúdo para sites que ajudam bastante neste quesito.

Através delas é possível encontrar assuntos e palavras-chaves que trazem resultado positivo para o site e ao mesmo tempo ajuda o seu leitor a resolver determinado problema, observe abaixo algumas que você pode utilizar.

As 5 principais ferramentas para produção de conteúdo

Ferramentas que auxiliam na criação de conteúdo

Para lhe ajudar a encontrar temas para a produção de conteúdo relevante para o seu site as ferramentas abaixo podem ajudar.

Ubersuggest

Ela é uma ferramenta que apresenta uma análise de palavra-chave que possibilita que você encontre termos excelentes para produzir artigos para o seu blog ou usar em anúncios.

Ao inserir uma palavra-chave a ferramenta mostrará para você a concorrência que a possui e as chances de ranquear na primeira página do Google. Ela foi criada por Neil Patel, um dos especialistas de marketing digital mais reconhecidos no Mundo.

Answer the public

Está ferramenta é online e través dela você consegue obter informações que fundamentais para planejar o conteúdo. Para isso, basta apenas inserir uma palavra-chave, escolher a região da extração dos resultados, ela irá gerar algumas variações e combinações de palavras com base nas buscas que feitas no Google.

Ao utilizar a Answer the public você consegue entender o que os usuários estão buscando na internet e como trazê-los para o seu site através do conteúdo.

A vantagem de utilizar está ferramenta para produzir conteúdos para o seu site é que ela mostra os principais resultados em gráficos compreensivos, além de dados que podem ser extraídos para uma planilha de planejamento de conteúdo.

Google Trends

A Google Trends é uma das melhores ferramentas para produção de conteúdos quando você está responsável pela criação de sites. Através dela você sabe o volume de busca sobre determinada palavra-chave.

Além disso, é possível fazer uma segmentação das buscas por local e por período de tempo que as pesquisas aconteceram. Uma das principais funcionalidades desta ferramenta é que apresenta as palavras relacionadas no final da página, mostrando também algumas ideais de variação da palavra.

Keyword tool

Está ferramenta é paga, mas oferece para você algumas funcionalidades gratuitas. Para utiliza-la basta apenas inserir uma palavra-chave que ela mostrará as estatísticas e também algumas variações da palavra.

Para aproveitar melhor está ferramenta sem precisar pagar o plano, você pode copiar as palavras-chave e pesquisar no Google Keyword Planner.

Google Keyword Planner

Está ferramenta faz parte do Google Ads, ela é utilizada geralmente quando alguém irá investir em campanhas de anúncios. Mas você pode utiliza-la para descobrir palavras-chave e a estimativa de busca mensal de cada uma delas.

Está ferramenta ajuda na criação de conteúdos para sites porque mostra as palavras-chaves que possuem menos concorrência.

Publicar conteúdo de qualidade, além de ter um custo benefício consegue atingir o seu público-alvo. No entanto, para obter resultados positivos é importante ter um planejamento, organização de ideias e agendamentos de novas publicações.

Além disso, você precisa encontrar as palavras-chave ideais para o seu negócio para isso, use alguma das ferramentas para produção de conteúdo para sites elas ajudam bastante a encontrar palavras que são lucrativas e boas para ranquear na primeira página do Google.

Saiba quais são as cidades mais violentas do Brasil e fuja delas na hora de comprar um imóvel

O nosso país vem passando por um momento grave em vários aspectos principalmente na segurança pública. O resultado disso são assaltos à luz do dia e assassinatos, que são dois fatores que preocupam bastante a população brasileira.

Esses dois problemas aparecem com mais clareza nas cidades mais violentas do Brasil. Por esse motivo, algumas pessoas que desejavam morar em determinada cidade optaram por outra região para viver com mais tranquilidade e segurança.

Se você deseja adquirir um imóvel para morar em outro lugar é importante evitar as cidades que possuem alto índice de homicídios. Se não conhece nenhuma dessas cidades observe abaixo a relação das cidades que são violentas no país.

As 7 cidades mais violentas do Brasil

O que não faltam no Brasil são cidades violentas, abaixo você verá algumas onde o índice de homicídio é alto.

Natal – RN

Natal é considerada uma das menores capitais do Brasil. Porém, ela faz parte das cidades mais populosas que apresentam índice de homicídios por 100 mil habitantes.

O seu índice de homicídios cresceu muito nos últimos anos entre 2006 a 2016, o aumento foi de 256,9%.  Uma das principais causas que contribuíram para este aumento são as brigas pelo o controle do tráfico de drogas e a falta de investimentos na segurança.

Taxa de homicídios: 102,56 por 100 mil habitantes

Fortaleza – CE

Mesmo sendo um dos principais pontos turísticos do Brasil, Fortaleza passou a fazer parte das cidades mais violentas após o assalto ao Banco Central. Desde então, a capital virou alvo do crime organizado que vem crescendo bastante nos últimos anos.

Taxa de homicídios: 83,48 por 100 mil habitantes

Maceió – AL

A capital de Alagoas também é um ponto turístico brasileiro, a sua região metropolitana possui 10 municípios ao redor.  No entanto, ela possui um alto índice de violência e de homicídios na adolescência, se tornando a capital com a maior média de assassinatos de adolescentes do Brasil.

Taxa de homicídios: 63,94 por 100 mil habitantes

Recife – PE

Recife é uma das capitais mais populosas do Brasil e possui o maior PIB da Região Nordeste. No entanto, até o ano de 2010 a capital apresentava uma diminuição do índice de homicídios, mas desde 2014 as coisas mudaram e este número voltou a subir novamente.

Taxa de homicídios: 54,96 por 100 mil habitantes

Salvador – BA

A capital baiana é um dos principais pontos turísticos do Brasil, Salvador é palco de um dos maiores carnavais do Mundo.  Ela uma das cidades mais ricas do Nordeste, além de possuir bairros com IDH (índice de Desenvolvimento Humano) maior do que alguns países europeus.

No entanto, outros bairros são menores do que alguns países pobres da África. Mesmo sendo uma cidade rica em cultura, ela também é uma das cidades mais violentas do Brasil, por lá existem muitos assaltos na rua.

Taxa de homicídios: 51,58 por 100 mil habitantes

Porto Alegre – RS

Nos últimos anos a capital do Rio Grande do Sul teve um grande aumento no seu índice de homicídios. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Cidade Segura, apontou que 82,5% dos seus habitantes acham a cidade insegura e 77% das pessoas entrevistadas afirmaram que evitam sair de casa à noite por causa do medo de assalto.

Taxa de homicídios: 40,96 por 100 mil habitantes

Vitória – ES

Considerada a melhor cidade do Brasil para se viver pela ONU, a cidade não está livre da violência, mesmo com tantos guardas civis para ajudar no policiamento e na segurança pública, ela também possui um grande índice de homicídios.

Taxa de homicídios: 36,07 por 100 mil habitantes

casa nova a venda

Gostou deste artigo? Se você está querendo comprar um imóvel para morar é melhor procurar um lugar mais tranquilo para viver com a sua família. As cidades do interior geralmente são mais seguras e você pode viver bem por lá, claro que elas também apresentam alguns problemas, mas nada comparado com as grandes metrópoles.

Sendo assim, não deixe de pesquisar por imóveis em Fazenda Rio Grande, que é uma cidade metropolitana de Curitiba e apresenta um ótimo índice de desenvolvimento e segurança.

A timidez está arruinando sua carreira! 4 dicas infalíveis para alcançar o sucesso

A timidez no ambiente de trabalho é um fantasma que assombra milhões de pessoas diariamente. Saber superá-la é fundamental para qualquer um que deseje ter uma carreira de sucesso. Isso porque um profissional que sofre de timidez costuma ter sérios problemas de comunicação e de relações interpessoais, tanto com colegas de trabalho quanto com clientes e parceiros, atravancando a realização de tarefas e a criação de laços sólidos.

No entanto, a boa notícia é que a questão da timidez pode ser resolvida. O primeiro passo é decifrar como ela está prejudicando sua rotina, tomar consciência de seus efeitos e se preparar para lidar com as situações de tensão.

Por isso, eu resolvi te contar algumas técnicas práticas que te ajudarão a vencer a timidez no acirrado ambiente de trabalho e, com isso, te deixarão mais próximo do sucesso.

 

Saiba quais seus pontos fortes

 

Quem é tímido tem o costume de olhar para si mesmo e só enxergar essa característica, impondo a si mesmo um limite que prejudica não só a sua relação com os demais colegas de trabalho, chefes e clientes, mas também impede que seus pontos fortes possam brilhar.

Por causa disso, é essencial que você busque se conhecer mais. Saiba em que pontos você se destaca, pelo que os seus pares ou seu chefe te admira e tente entender como a sua timidez acaba boicotando essas qualidades.

Uma vez que você tem isso bem claro, focar em seus pontos positivos te trará conforto e autoconfiança, derrubando as barreiras criadas pela sua timidez.

 

Fuja da rotina

 

Se você é tímido, certamente você criou certos hábitos – ainda que de forma inconsciente – que te colocam em situações cômodas, te protegendo da sua própria timidez. Isso pode parecer bom, não é? Na verdade, não é. Ainda que evitar situações desconfortáveis te tranquilize no curto prazo, estar em ambientes de interação social, saindo da zona de conforto, é a melhor forma de você superar sua timidez.

Em vez de evitar completamente essas situações, é ideal que você se prepare e se exponha a elas de forma controlada, pouco a pouco, estipulando-se metas e desafios diariamente. Por exemplo, no primeiro dia a sua meta pode ser convidar um colega não próximo para um café; no segundo, se apresente para o chefe; depois, se apresente para um desconhecido e por aí vai.

 

Pare de deixar para depois

 

Os tímidos possuem uma destrutiva tendência procrastinadora. Isso tem relação com o medo de se expor, que torna certas situações desconfortáveis e, por consequência, são deixadas para depois.

A melhor forma de evitar a procrastinação é organizar a sua vida em uma agenda, marque seus compromissos e diga para você mesmo que irá cumpri-los um a um. Comece por aquelas que você vem adiando a mais tempo. Enfrente um leão por vez.

 

Sua mente: uma poderosa fábrica de realidades

 

Você certamente já ouviu falar que o ser humano não utiliza nem um quarto da capacidade do cérebro, certo? Pois é. Que tal começar a fazer algo a respeito? Um jeito poderoso de enfrentar a timidez é usar a sua própria imaginação. Brinque com suas percepções e seja criativo para conseguir vencer a ansiedade e ganhar a autoestima necessária para enfrentar seus medos.

Tente lembrar momentos felizes, situações que te trazem um sentimento de alegria, autoconfiança e poder.

Um bom exercício é se imaginar como um gigante, fazendo que as outras pessoas pareçam crianças perto de você. Isso te trará um sentimento de poder, de controle e diminuirá o seu medo de ser julgado.

Se você gostou dessas 4 dicas sobre como vencer a timidez no trabalho, tenho uma ótima notícia para você! Pensando na quantidade de pessoas que sofre diariamente com esse tipo de problema, eu criei um curso de oratória cheio de exercícios práticos para você poder começar imediatamente a vencer a batalha contra a timidez. Se quer saber mais sobre isso, acesse www.guiadaoratoria.com e dê um grande passo rumo ao seu sucesso profissional.

COMO FAZER CROCHÊ PARA INICIANTES

Tudo o que você precisa é de um par de fios de gordura, e um crochê Tamanho N. No final deste tutorial, você será capaz de fazer qualquer tipo de crochê.

Dos mais simples aos mais completos, sabe como fazer um gancho de crochê como nenhum outro, a verdadeira rainha do crochê.

Passo 1: fazer um nó corrediço.

Inicie o deslocamento do nó, colocando o cabo para baixo e loop. Certifique-se de que sua peça é curta, a cauda fica na parte superior do cabo longo. Então baixa o cabo, o cabo mais longo. Tome o fio entre o polegar e o dedo indicador e puxe o fio através do exterior, sem nenhum problema. Pendure a cauda e puxar o arraste do loop.

Passo 2: Aperte o Anel

Pegue a gravata com a mão esquerda e deslize o gancho no loop e aperte o laço em torno do gancho. Não muito arrasto, deve haver algum dano. Nota: eu comecei com a mão esquerda, e agora são ambidestro. Prefiro ensinar à minha avó, porque é assim que são publicados todos os livros.

Passo 3: como Segurar o Fio

Vire o lado longo do fio ao redor do dedo mindinho e girar em torno do dedo indicador. Tome-se o lado curto, a fila com o seu anel e o dedo do meio. Segure o gancho com a mão direita. Desta forma, para manter a linha e o anzol criará espaço suficiente para mover o gancho e manter a tensão na linha.

Existem várias maneiras de manter sua linha e gancho, para descobrir o que funciona melhor para você.

Passo 4: Iniciar a corrente

Comece com um ponto de cadeia e começar a torcer a linha ao redor do gancho e puxe-o através do loop.

Passo 5: preencha a corrente

Não fazer o anel demais arraste, e, em seguida, continuar com o segundo ciclo, puxe a linha através do segundo ciclo do crochê. Continue até que você tenha uma corda no gancho.

Passo 6: Iniciar a primeira linha

Para iniciar a primeira linha apenas crochê inserir o gancho na segunda seqüência de caracteres do gancho. Agora você tem dois laços em torno do gancho.

Passo 7: com a Corda Amarrada

Tome o fio com a mão esquerda, com o gancho e puxe através do primeiro ciclo de crochê. Isso vai deixar você de novo com dois loops em crochê. Pegue o fio de novo com a agulha e puxe-o através de um dos dois ciclos do crochê. Repita estes passos até chegar ao final das cadeias de linhas.

Para fazer a maioria das linhas, fazendo um ponto no final de cada linha, e virar o crochê para começar a próxima linha.

Passo 8: o final

Para terminar, corte o comprimento do fio e puxe-o através do loop.

não importa quem seja, só importa o que esteja fazendo isso!!!! 🙂

4 dicas para economizar com o automóvel

Os automóveis são uma das nossas maiores paixões no Brasil, mas, muitas vezes, também grandes inimigos dos nossos bolsos. Os custo para manter um carro não são baixos e tem pesado cada vez mais nos orçamentos familiares – chegando facilmente a R$ 1 mil por mês para um veículo popular. Combustível, estacionamento, seguro, IPVA e depreciação do automóvel são apenas algumas das despesas que os proprietários de carro costumam ter, sem mencionar os imprevistos que podem surgir, como pneu furado ou batidas.

Não é por isso, entretanto, que você precisa pensar em vender seu automóvel: existem várias maneiras de economizar com o carro e diminuir o impacto de seus custos na conta bancária no final do mês, como por exemplo, utilizar ferramentas de guincho 24 horas online, pois além de te tirar do aperto, muitas vezes, são mais baratas que o guincho convencional. Além disso, economizar com seu veículo não significa apenas gastar menos dinheiro com ele, mas também planejar investimentos, prevenir imprevistos e, até mesmo, ganhar uma renda extra, que ajuda ( e muito ) na hora de quitar as despesas do próprio carro. Veja as dicas que nós separamos:

1. Acompanhe custos

Saber o quanto realmente está gastando com seu veículo irá ajudá-lo a entender onde poderá economizar. Para isso, registre todos os seus custos com estacionamento, combustível e reparos, entre outros, e faça uma análise sobre o peso deles para seu orçamento mensal. Em alguns aplicativos, essas despesas já são calculadas automaticamente por meio da integração com suas contas bancárias, aparecendo também nos gráficos de acompanhamento das suas finanças pessoais.

2. Coloque seu carro para trabalhar

Ganhar dinheiro com seu carro é uma boa maneira de balancear os custos envolvidos na manutenção do veículo. Uma forma de fazer isso é disponibilizar seu veículo para locação em sites especificos. Em vez de deixar seu automóvel parado na garagem quando não estiver utilizando, você o aluga para alguém que precise de um carro pontualmente, como para uma viagem ou para fazer compras. O processo é seguro, ou seja, também não é necessário dedicar seu tempo para ganhar esse dinheiro extra.

3. Saiba escolher entre álcool ou gasolina

Se o seu carro é modelo flex ou total flex, você tem ótimas oportunidades de economizar combustível. Basta saber calcular se vale a pena abastecer com álcool ou gasolina cada vez que vai ao posto de gasolina. A conta é simples: para saber o que é mais vantajoso, você deve multiplicar o valor da gasolina por 0,7. Se o resultado for maior do que o preço do litro do álcool, vale a pena escolher este último.

Não é preciso se preocupar também em utilizar sempre gasolina aditivada para aproveitar melhor a performance do veículo. Abastecer com esse tipo de combustível uma vez a cada quatro tanques é o suficiente para manter o motor limpo e com bom rendimento.

4. Gaste menos combustível

Além de gastar menos na hora de abastecer, é sempre importante tentar economizar combustível em seu dia a dia. São muitos os fatores que elevam o consumo de álcool ou gasolina, a maior parte deles associados à má condução, como dirigir na marcha incorreta ou fazer mudanças bruscas de velocidade.

Existem, porém, outros comportamentos que contribuem para a queima mais acelerada do combustível, como utilização de ar-condicionado dentro da cidade e excesso de peso no veículo. Ou seja, se quer gastar menos com gasolina, nada de transformar seu porta-malas em um depósito.